i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Início do julgamento

Charlie Hebdo volta a publicar caricaturas de Maomé

    • Gazeta do Povo
    • 01/09/2020 11:12
    charlie hebdo
    Foto de arquivo tirada em 4 de janeiro de 2016 mostra um exemplar da edição da revista Charlie Hebdo| Foto: MARTIN BUREAU/AFP

    O semanário francês Charlie Hebdo está republicando nesta terça-feira (1) caricaturas do profeta do Islã, Maomé, um dia antes do início do julgamento do atentado que matou 12 pessoas na redação da publicação, em janeiro de 2015. A capa desta semana traz 12 charges, com destaque para uma caricatura do profeta feita pelo chargista Cabu, morto no atentado, acompanhadas do título "Tudo isso por isso".

    As ilustrações transformaram o Charlie Hebdo em alvo de jihadistas e não eram impressas desde o ataque, mas o editorial que acompanha a edição desta semana afirma que era necessário voltar a publicá-las nesse momento. "Desde janeiro de 2015 recebemos com frequência pedidos para produzir outras caricaturas de Maomé. Sempre recusamos, não porque seja proibido e sim porque era necessário ter uma boa razão para fazê-lo, uma razão que faça sentido e que aporte algo ao debate", diz o editorial.

    Capa do semanário francês Charlie Hebdo em 2 de setembro de 2020
    Capa do semanário francês Charlie Hebdo em 2 de setembro de 2020

    Treze homens e uma mulher vão ser julgados a partir desta quarta-feira (2). Eles são acusados de providenciar armas aos terroristas que conduziram os ataques na redação do Charlie Hebdo e em um supermercado Kosher dois dias depois, resultando na morte de 17 pessoas. Os três terroristas autores dos ataques foram mortos pela polícia.

    4 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 4 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

    • A

      ABD58

      ± 24 dias

      Paris vai bombar.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • I

        Intruso

        ± 24 dias

        Necessário dizer q se trata apenas de humor e só pode ser levado a sério pra quem ñ bate bem dos pinos..

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • P

          Paulão

          ± 24 dias

          Apesar de ter minhas conviccões contrárias em muitos aspectos ao Islamismo e achar que a liberdade de imprensa deve ser plena, eu me pergunto para que? Por que desrespeitar uma religião que é considerada séria para quem a segue? por que desrespeitar uma mãe idosa por exemplo? Um enfermo moribundo? Fazer charge disso? A liberdade deve ser respeitada mas o desrespeito deve ser punido. Não reclamem se a punição também não vier a seus gostos e dentro de seu limites!

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • J

            Jorge Dias

            ± 24 dias

            Interessante é que um jornalzinho francês tem mais coragem para criticar o óbvio, do que toda a imprensa brasileira junta.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            Fim dos comentários.