i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Alerta

Chile decreta estado de catástrofe em áreas atingidas

  • 11/03/2010 21:01

O primeiro ato de Sebastián Piñera como presidente do Chile foi a declaração de estado de catástrofe na região de O’Higgins, a mais afetada pelos tremores registrados ontem na maior parte do país.

O ministro de Interior, Rodrigo Hinzpeter Kirberg, foi encarregado de tomar as medidas necessárias para proteger e garantir a ordem pública e os serviços básicos, como água e eletricidade. O temor do governo é que se repitam, em cidades como Rancagua, os saques registrados em outros centros urbanos no terremoto do dia 27. O presidente também convocou uma reunião de emergência para avaliação dos danos provocados pela réplica de ontem. "Os danos ocorridos em Rancagua são danos significativos. Nesse momento estamos deslocando nossas equipes de emergência", afirmou Piñera. Ele também anunciou o deslocamento de militares das Forças Armadas para garantir a "segurança dos cidadãos".

O segundo ato de Piñera foi a nomeação do novo diretor da Oficina Nacional de Emergências (Onemi). O engenheiro civil Vicente Núñez substitui Carmen Fernández, que renunciou na quarta-feira depois de uma tempestade de críticas por sua falha no alerta de tsunami.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.