Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
chile vacina
Chile já aplicou ao menos uma dose de vacina contra Covid em 20% de sua população| Foto: MARTIN BERNETTI/AFP

O Chile vai doar 20 mil doses de vacina contra Covid-19 ao Equador e outras 20 mil ao Paraguai, anunciou o governo do presidente chileno Sebastián Piñera neste sábado (6). O objetivo, segundo o presidente é que esses países consigam acelerar a vacinação de seus profissionais de saúde.

Após críticas de seus conterrâneos, Piñera disse que as doações "não alteram nosso programa de vacinação, o qual nos permitirá alcançar a toda a população de risco em março" e a meta de vacinar 80% da população até junho.

O presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, mergulhado em uma crise política pelo aumento de casos de Covid-19 e falta de insumos em hospitais, agradeceu a doação a doação de vacinas a seu país. "A solidariedade e a amizade do Chile são muito valiosas para nós", disse Marito no Twitter.

Lenín Moreno, em seus últimos meses como presidente do Equador, também agradeceu o apoio do Chile. "As relações bilaterais rendem grandes frutos", disse. "Esta é uma demonstração de solidariedade entre os países. Obrigado Sebastián Piñera por compartilhar o ideal de lutar pela imunidade da região".

De acordo com o ministro do Interior do Chile, Rodrgio Delgado, vacinas da Sinovac foram doadas após conversas entre países-membros do Prosul, considerando as "condições complexas" que enfrentam os profissionais de saúde nesses países. Outros insumos, como medicamentos para pacientes que precisar ser entubados, também foram enviados junto com as vacinas.

No Chile, cerca de 20% dos 19 milhões de habitantes já receberam pelo menos uma dose de vacina contra a Covid-19. O ritmo de vacinação no país é mais rápido do que na União Europeia, segundo o site Our World In Data.

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]