Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O presidente da Bolívia, Evo Morales, acusou ontem os conservadores de seu país de estarem "batendo nas portas de alguns regimentos das Forças Armadas desde o ano passado, mas sem resultado" até o momento. Morales afirmou também que o presidente do Peru, Alan García, assegurou a ele que "não prejudicará as negociações" entre Santiago e La Paz sobre a possibilidade de se criar uma saída para o mar para a Bolívia.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]