O governo da Coreia do Sul informou nesta quarta que encontrou corpos queimados de dois moradores da ilha atacada ontem pela artilharia da Coreia do Norte. Os corpos dos homens, com idade em torno dos 60 anos, foram encontrados em uma obra. Estas são primeiras mortes de civis registradas na crise deflagrada ontem, que elevou a tensão entre as nações rivais.

O ataque de artilharia de Pyongyang em uma pequena ilha sul-coreana perto da disputada fronteira marítima também matou pelo menos dois militares e feriu 18 pessoas. O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, qualificou o fato como um dos "mais graves incidentes" entre os dois países desde a década de 1950. As informações são da Associated Press.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]