i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Imagens do universo

Costa Concordia

  • 13/01/2014 21:20
 | Fotos: Reuters
| Foto: Fotos: Reuters

O comandante do navio Costa Concordia, Francesco Schettino, afirmou sentir "uma dor indelével" pelo naufrágio da embarcação, que completou dois anos ontem. O barco bateu em rochas perto da ilha de Giglio, na Toscana, em acidente que deixou 32 mortos. No local, um grupo jogou uma coroa de flores e promoveu uma passeata da igreja da cidade até o píer, de onde é possível ver o navio encalhado. A embarcação foi desvirada em setembro e aguarda que a empresa responsável pelo desmanche reboque o Costa Concordia, o que deve acontecer em julho.

Bloqueios na Tailândia

Centenas de milhares de manifestantes contrários à primeira-ministra da Tailândia, Yingluck Shinawatra, bloquearam ontem diversas vias de acesso à capital Bangcoc. A intenção das lideranças do protesto é manter o bloqueio até que a chefe de governo deixe o cargo. Os opositores desejam a saída de Shinawatra e o fim do que chamam de "regime de Thaksin", em referência ao irmão da primeira-ministra, que foi retirado do poder em 2006. Popular entre as camadas mais pobres e rurais, o governo é rejeitado pelas classes média e alta urbanas no país.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.