i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
América Latina

Ortega, ditador da Nicarágua, reaparece minimizando a pandemia após sumiço de 34 dias

  • PorGazeta do Povo
  • 15/04/2020 22:53
Mural com a imagem do ditador da Nicarágua, Daniel Ortega, e sua esposa e vice-presidente, Rosario Murillo, em Manágua, 14 de abril de 2020. Ortega fez sua primeira aparição pública depois de 34 dias
Mural com a imagem do ditador da Nicarágua, Daniel Ortega, e sua esposa e vice-presidente, Rosario Murillo, em Manágua, 14 de abril de 2020. Ortega fez sua primeira aparição pública depois de 34 dias| Foto: INTI OCON / AFP

Depois de 34 dias sem aparecer em público, o ditador da Nicarágua, Daniel Ortega, apareceu ao final da tarde desta quarta-feira (15) em pronunciamento ao vivo transmitido em rede nacional no país. Em meio à pandemia de Covid-19, o mandatário não anunciou medidas concretas de combate ao avanço do vírus, como quarentena nacional ou fechamento de escolas, informou o jornal local La Prensa.

"Em meio a essa pandemia, não deixamos de trabalhar, porque aqui, se deixamos de trabalhar, o país morre, e se o país morre, o povo morre", disse Ortega em seu discurso. "Imagine se mandamos a polícia se isolar, ou o exército se isolar. O país desaparece".

O ditador da Nicarágua, Daniel Ortega, em aparição em rede nacional após 34 dias de ausência. Reprodução / Captura de tela / La Prensa
O ditador da Nicarágua, Daniel Ortega, em aparição em rede nacional após 34 dias de ausência. Reprodução / Captura de tela / La Prensa| Reprodução / Captura de tela / La Prensa

Ortega estava ao lado de membros do seu gabinete e falou durante cerca de 25 minutos. A transmissão havia sido anunciada mais cedo por sua esposa e vice-presidente, Rosario Murillo. O ditador não deu explicações sobre a sua ausência pública nas últimas semanas.

Ele disse que o vírus matou "apenas uma pessoa" em seu país e afirmou que a Nicarágua tem o menor número de casos de coronavírus na América Central. Ortega justificou a falta de medidas de distanciamento social dizendo que elas afetariam a economia do país.

"De maneira ordenada adotamos medidas guiadas pelas normas internacionais, mas aplicadas de acordo com nossa realidade e nossas possibilidades materiais e econômicas", disse Ortega, segundo o Confidencial.

Contrariando as recomendações de autoridades de saúde mundiais, o regime orteguista convocou apoiadores para a marcha "Amor em tempos de Covid" e para festividades na Semana Santa. O seu regime também implementou uma operação de visitas "de casa em casa" por profissionais de saúde.

Durante a sua ausência, houve especulações sobre o estado de saúde de Ortega, incluindo rumores sobre a sua morte.

A Nicarágua confirmou o seu primeiro caso positivo para Covid-19 em 12 de março. Até esta quarta-feira (15), o país, de 6,2 milhões de habitantes, registra nove casos e uma morte por infecção pelo novo coronavírus; quatro se recuperaram, segundo os dados oficiais.

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 3 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • B

    bilu dandão

    ± 28 minutos

    Esse é o bozo de lá!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • F

      FB

      ± 0 minutos

      E de extrema esquerda, bom ressaltar essa parte.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

  • G

    Gregório

    ± 1 horas

    Ontem às 12:30, enquanto criticava ferozmente o presidente Bolsonaro numa rádio qualquer, uma jornalista esquerdista, não lembro o nome, era alguma coisa relacionada a porco, leitão ou similar, afirmou que a Nicarágua é uma democracia. Democracia? Hahaha! Hahaha! Hahaha!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    Fim dos comentários.