Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Mulher observa a erupção do Monte Sinabung, em Sumatra, na Indonésia | Reuters/Roni Bintang
Mulher observa a erupção do Monte Sinabung, em Sumatra, na Indonésia| Foto: Reuters/Roni Bintang

Mais de 1,5 mil pessoas precisaram ser evacuadas nesta segunda-feira (18) na Indonésia devido às erupções dos vulcões Merapi, na a ilha de Java, e Sinabung, na de Sumatra, informou a imprensa local.

A Agência Nacional de Gestão de Desastres informou que mais de 1.600 pessoas foram retiradas, incluindo três aldeias, em torno do Monte Sinabung no norte de Sumatra, onde a nuvem de cinzas e fumaça subiu 8 mil quilômetros.

Trata-se da segunda erupção consecutiva do Sinabung, que também entrou em atividade no domingo (17).

Na região central de Java, o vulcão Merapi entrou em erupção, levou à evacuação de centenas de pessoas e expeliu uma nuvem de fumaça e cinzas que chegou a 69 quilômetros da cratera.

"Vários terremotos em várias fases precederam a erupção, mas em escalas insignificantes. Não houve um terremoto vulcânico antes da erupção de cinzas", disse Lasiman, do grupo de vigilância do vulcão Merapi em Kaliurang.

A última grande erupção do Merapi aconteceu em outubro de 2010, quando uma nuvem de cinza matou 32 pessoas na montanha e provocou o deslocamento de 50 mil.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]