Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Acampamento na fronteira entre EUA e México gerou a segunda grande crise humanitária do governo Biden
Acampamento na fronteira entre EUA e México gerou a segunda grande crise humanitária do governo Biden| Foto: Congressista Tony Gonzalez/Twitter

Os Estados Unidos e o México iniciaram no domingo (19) uma deportação em massa de migrantes haitianos que estão acampados embaixo e nos arredores de uma ponte que liga os dois países. Segundo informações da agência Associated Press, cerca de 320 migrantes chegaram a Porto Príncipe, capital haitiana, em três voos vindos dos Estados Unidos no domingo, e o Haiti relatou que outros seis voos devem chegar na terça-feira (21).

Cerca de 12 mil pessoas solicitando refúgio, a maioria haitianos, estão na área embaixo e ao lado de uma ponte na região de Del Rio, no estado americano do Texas. Ainda de acordo com a Associated Press, os Estados Unidos planejam iniciar sete voos de deportação diários na quarta-feira (22), quatro para Porto Príncipe e três para Cabo Haitiano.

O México também iniciou a deportação dos acampados: no domingo à noite, parte dos haitianos começou a ser encaminhada de ônibus a partir de Ciudad Acuña, de onde seriam levados para Monterrey, no norte do país, e para Tapachula, no sul, para depois serem encaminhados por avião para o Haiti.

A Fox News informou que nem todos os migrantes que estão na região da ponte serão enviados de volta para o Haiti. Muitas famílias deverão responder a processos nos Estados Unidos, com datas de julgamento a serem marcadas.

As imagens do acampamento na região da ponte tiveram grande repercussão na semana passada e representaram o segundo grande constrangimento humanitário do início da gestão do presidente americano Joe Biden (o primeiro foram as imagens de fuga desesperada de afegãos, após a tomada do poder no Afeganistão pelo Talibã), que teve suas políticas migratórias criticadas pela oposição republicana.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]