i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
força-tarefa

EUA mobilizam tropas do Exército para ajudar a combater incêndios florestais

Esta é a primeira mobilização de pessoal militar ativo com essa finalidade em nove anos

    • SALMON
    • Reuters
    • 17/08/2015 20:18

    O Exército dos Estados Unidos começou a destacar 200 soldados nesta segunda-feira (17) para reforçar o contingente de bombeiros que lutam contra grandes incêndios florestais em diversos Estados do oeste do país, marcando a primeira mobilização de pessoal militar ativo com essa finalidade em nove anos.

    As tropas da Base Conjunta Lewis-McChord, perto de Tacoma, Estado norte-americano de Washington, serão organizados em 10 equipes de bombeiros, com 20 pessoas em cada, todas a serem enviadas para um único incêndio que ainda será determinado, de acordo com o Centro Nacional Contra Incêndios Interagencial, localizado em Boise, Estado de Idaho.

    Bombeiros combatem incêndios no noroeste dos EUA e na Califórnia

    Os bombeiros seguem tentando combater as chamas em Oregon, Montana e na região vinícola da Califórnia ao norte de San Francisco, de acordo com fontes do governo

    Leia a matéria completa

    Gerentes de agências anti-incêndio requisitaram a mobilização, a primeira do tipo desde 2006, à medida que equipes federais, estaduais e locais lutavam para conter muitos dos grandes incêndios florestais, que já consumiram mais de 405.000 hectares de vegetação em meio a uma onda de calor que tem assolado a região, afetada pela seca.

    Entre as áreas mais atingidas estava o norte de Idaho, onde um idoso morreu e pelo menos 50 casas foram destruídas por chamas que se alastraram ao longo do Rio Clearwater desde a semana passada.

    O chamado Complexo Clearwater de incêndios assolou mais de 20.000 hectares de madeira e vegetação e levou ao esvaziamento de mais de 100 casas de áreas adjacentes às cidades de Orofino e Kamiah, disseram autoridades.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.