i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
MÉXICO

Ex-produtor de "Survivor" é suspeito de matar brasileira

  • PorAgência Estado
  • 09/04/2010 06:45

O ex-produtor do programa de televisão "Survivor", Bruce Beresford-Redman, foi liberado na madrugada desta sexta-feira, no México. Ele chegou a ser detido como suspeito pela morte de sua mulher, a brasileira Mônica Beresford-Redman, e ainda é investigado no caso, disse uma funcionária regional.

A investigadora Verónica Acacio, funcionária do Judiciário estadual de Quintana Roo, onde fica o balneário de Cancún, disse que Beresford-Redman é ainda investigado pela morte. "Ele não poderá sair do país até que se faça toda a investigação correspondente para determinar as causas da morte", afirmou a funcionária.

Beresford-Redman atualmente é produtor do programa "Pimp My Ride" e já trabalhou como produtor do reality show "Survivor". Ele foi liberado nos primeiros minutos da sexta-feira (hora local), segundo Verónica. Aos 38 anos, Beresford-Redman foi detido ontem como suspeito, após a polícia encontrar o cadáver de sua mulher no complexo do hotel Moon Palace, onde o casal estava hospedado com os filhos.

O procurador de Justiça de Quintana Roo, Francisco Alor, informou, na noite de quinta-feira, que o corpo da vítima tinha marcas no pescoço, indícios de asfixia, além de um forte golpe no lado direito da têmpora. As autoridades precisam determinar se esse golpe ocorreu quando Mônica caiu onde foi encontrada, explicou a funcionária. Segundo a autoridade, a morte ocorreu na noite de segunda-feira. O produtor tinha alguns ferimentos leves no rosto e nos braços.

Alor disse que vários hóspedes escutaram na madrugada de segunda-feira uma discussão no quarto do casal. Quando um funcionário do hotel foi ver se havia algo errado, o produtor disse que eles estavam discutindo sobre seus filhos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.