i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
América Central

Ex-vice da Guatemala chefiará comissão da verdade em Honduras

Stein disse que o grupo começará a trabalhar em 25 de fevereiro, com cinco juristas ainda não nomeados, sendo dois hondurenhos e três estrangeiros

  • PorAgência Estado
  • 11/02/2010 10:17

O ex-vice-presidente da Guatemala, Eduardo Stein (2004-2008), anunciou na quarta-feira (10) que aceitou a proposta hondurenha para presidir uma comissão da verdade em Honduras. Essa comissão avaliará o golpe que derrubou o presidente Manuel Zelaya. Em entrevista coletiva, Stein disse que o grupo começará a trabalhar em 25 de fevereiro, com cinco juristas ainda não nomeados, sendo dois hondurenhos e três estrangeiros.

"A comissão sugeriria completar alguns vazios nas leis hondurenhas", afirmou. "Ainda nos falta definir algumas coisas, mas existe a vontade e o compromisso do presidente (Porfirio) Lobo de criar uma consciência nacional, uma verdadeira unidade nacional", disse Stein.

O novo governo hondurenho espera que a criação da comissão da verdade permita ao país recuperar a confiança de vários governos que romperam relações com Tegucigalpa, após Zelaya sofrer o golpe de Estado, em 28 de junho passado. Stein foi ministro das Relações Exteriores da Guatemala durante o governo de Alvaro Arzú (1996-2000). Ele já comandou também missões de observação eleitoral.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.