Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Autoridades do sul da Itália solicitaram que o Exército ajude a proteger os magistrados que receberam ameaças de morte por processar a máfia, afirmaram autoridades na quarta-feira.

Magistrados da Calábria, que abriga o poderoso grupo do crime organizado 'Ndrangheta, receberam telefonemas com ameaças nos últimos dias. Em agosto, houve um ataque a bomba, mas ninguém ficou ferido.

Armas, incluindo uma bazuca, também foram encontradas perto do escritório deles, como uma advertência.

"Esta é uma bazuca e é para Pignatone. Podemos dar o golpe quando quisermos", dizia a mensagem do lado de fora do escritório do promotor local Giuseppe Pignatone, que trabalhou em conjunto com magistrados de Milão na prisão de centenas de suspeitos do 'Ndrangheta em julho.

Na quarta-feira, o prefeito Luigi Varretta, representante do governo central, reuniu-se com Pignatone e outro magistrado calabrês, Salvatore Di Landro, e sugeriu a solicitação para assistência militar, que ainda precisa ser aprovada por Roma.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]