Bagdá – A explosão causada por uma bomba em um ônibus matou ontem ao menos 11 pessoas e feriu outras 18 no nordeste de Bagdá. Segundo a polícia, um terrorista suicida teria detonado a explosão no ônibus. O ataque ocorreu no distrito Shaab, uma área que abriga população sunita, xiita e curda no nordeste da capital iraquiana.

As mortes se seguem às 35 outras causadas pela explosão de uma bomba escondida nas roupas de um suicida que a detonou em um posto de recrutamento policial, no domingo, no mais dramático ataque a forças policiais iraquianas em meses.

Também ontem, um carro-bomba explodiu próximo à zona verde de Bagdá, o setor superprotegido onde se localizam a sede do governo iraquiano e a embaixada dos EUA no Iraque. A explosão deixou uma pessoa gravemente ferida e destruiu 13 carros.

As forças de segurança dos Estados Unidos relataram ontem a morte de oito supostos insurgentes. Segundo o Exército, eles tinham ligação com membros da Al Qaeda no Iraque.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]