Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Imagem aérea da Calle de los Sauces, em Guadalajara: os investigadores suspeitam que a família estava fugindo e estava tentando se esconder | /Google Maps
Imagem aérea da Calle de los Sauces, em Guadalajara: os investigadores suspeitam que a família estava fugindo e estava tentando se esconder| Foto: /Google Maps

Uma família de brasileiros foi encontrada esquartejada no município de Guadalajara, na Espanha, neste domingo (18). Os dois adultos de cerca de 40 anos, uma menina de cinco e um menino de um ano foram descobertos pela polícia local em um chalé, e há suspeitas de que estavam mortos há mais de um mês. As informações são do jornal El País.

Ainda sem resultados de DNA, os investigadores trabalham com a hipótese de que o crime foi realizado por assassinos profissionais, e ocorreu por acerto de contas. A polícia foi até o local depois de um vizinho ligar reclamando de mau cheiro.

Os restos mortais da família estavam espalhados em seis sacos plásticos dentro da residência. Descobriu-se que se tratava de brasileiros por conta de seus documentos, encontrados no mesmo local. Pelo fato de a casa estar quase sem mobília, os investigadores suspeitam que “a família estava fugindo e estava tentando se esconder”.

“A morte foi rápida, não há sinais de tortura, a família não sofreu”, afirmaram fonte próximas à investigação ao El País. Segundo o jornal, fontes afirmam que a casa “foi alugada por meio de uma imobiliária mais de um mês atrás.” De acordo com vizinhos, o proprietário do local vive em Madrid com a sua família. Depois de isolar a residência, a investigação está focada agora em descobrir quais veículos estiveram na área nos últimos dois meses.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]