Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
máscaras em aviões
O médico infectologista Anthony Fauci.| Foto: JIM LO SCALZO/EFE/EPA POOL

O diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos EUA e conselheiro médico do presidente norte-americano Joe Biden, Anthony Fauci, afirmou neste domingo (26) que a suspensão do uso de máscaras em aviões "é algo que não deveria ser sequer considerado". Em entrevista à ABC, Fauci respondeu a afirmações do CEO da Southwest Arlines, Gary Kelly, feitas em uma audiência promovida pelo Senado americano no último dia 15. Na ocasião, Kelly disse que as máscaras "não acrescentam muito, se tanto", à luta para contenção da Covid-19 nas aeronaves.

Ao contrário, Fauci defendeu a obrigatoriedade do passaporte da vacina para quem precisar viajar de avião nos Estados Unidos: "Um certificado de vacinação para uma pessoa pegar um avião é apenas uma outra forma de permitir às pessoas um mecanismo que as incentive a se vacinar", disse Fauci. "Em outras palavras, você não pode entrar em um avião a menos que você esteja vacinado", completou. "Qualquer coisa que possa fazer mais pessoas se vacinarem seria bem-vindo", disse. "Mas no que diz respeito à propagação do vírus pelo país, eu penso que com o uso da máscara e a filtragem de ar nos aviões, as coisas estão razoavelmente seguras", acrescentou.

Mais de 6 mil voos cancelados no fim de semana do Natal

Ao longo do fim de semana do Natal, mais de 6 mil voos foram cancelados devido a infecções pela variante ômicron do coronavírus, segundo o site Flightaware.com, que monitora o espaço aéreo civil pelo mundo. Nos Estados Unidos, a American Airlines e a Southwest Airlines limitaram o número de cancelamentos, mas ainda tiveram um alto número de voos atrasados no último domingo (26). No total, a American cancelou 80 voos e atrasou 459, enquanto a Southwest cancelou 68 voos e atrasou 912, segundo a Fox News.

A companhia área Delta acrescentou que o número de cancelamentos e atrasos é fruto de uma combinação das contaminações pela variante ômicron e o mau tempo típico do inverno nesta época do ano.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]