Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Abbas não viu cooperação | Atees Safadi / EFE
Abbas não viu cooperação| Foto: Atees Safadi / EFE

O primeiro-ministro palestino, Rami Hamdala, apresentou ontem a renúncia de seu governo de unidade, diante da crescente divisão entre Cisjordânia e Faixa de Gaza. A medida foi rejeitada pelo Hamas, que a classificou de unilateral.

“O Hamas rejeita qualquer mudança unilateral do governo sem o consentimento de todas as partes”, disse Sami Abu Zuhri, porta-voz do movimento.

Hamdala deverá consultar os grupos palestinos, incluindo o Hamas, para a formação de um novo governo. A renúncia pode abrir um período de incertezas ainda mais profundo na região.

A decisão foi antecipada na terça-feira pelo presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmoud Abbas, ao seu partido, o Fatah.

Desde 2014, o movimento islamita Hamas não deu nenhum sinal concreto de que cederia o poder que tomou à força na Faixa de Gaza após a quase guerra civil de 2007 com o Fatah, laico e moderado, de Abbas. O acordo entre os dois grupos foi firmado no ano passado.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]