i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Crise do coronavírus

Governos liderados por mulheres viram exemplo de combate à pandemia de Covid-19

  • PorEstadão Conteúdo
  • 15/04/2020 17:41
Entrevista coletiva do governo da Finlândia com a ministra do Interior Maria Ohisalo, a primeira-ministra Sanna Marina e a ministra da Justiça Anna-Maja Henriksson, em Helsinki, 15 de abril
Entrevista coletiva do governo da Finlândia com a ministra do Interior Maria Ohisalo, a primeira-ministra Sanna Marina e a ministra da Justiça Anna-Maja Henriksson, em Helsinki, 15 de abril| Foto: Markku Ulander / Lehtikuva / AFP

As respostas dos países à crise do coronavírus têm sido variadas e de resultados heterogêneos, mas as de maior sucesso têm em comum governos chefiados por mulheres. Em dois exemplos, Alemanha e Nova Zelândia, as estratégias foram diferentes, mas o êxito foi parecido, em comparação a outras grandes economias.

No primeiro caso, o governo da chanceler Angela Merkel realizou um vasto número de testes, ofereceu milhares de leitos de UTI e equipou seu pessoal de saúde com as proteções necessárias para lidar com a pandemia. O país de 83 milhões de habitantes foi atingido duramente pelo vírus, mas com uma taxa de mortalidade baixa, cerca de 2,7%. Em comparação, na Itália, ela foi de 13%, na Espanha, 10,4% e no Reino Unido, de 12,9%.

A Nova Zelândia, liderada por Jacinda Ardern, também se destacou com apenas nove mortes, em um total de 1.386 casos. Muito graças a sua geografia e tamanho: o país tem apenas 5 milhões de habitantes, menos do que a cidade de São Paulo. No entanto, a liderança de Ardern também contribuiu. Ela determinou testes em massa e tomou a rápida decisão de fechar fronteiras e ordenar o isolamento no início da pandemia.

"O que é importante não é a questão de gênero do líder, mas a habilidade do país de eleger o melhor candidato, independentemente do sexo", escreveu a colunista Emma Burnell do jornal Independent.

Uma das respostas mais rápidas à pandemia foi a da presidente de Taiwan, Tsai Ing-wen. No dia 31 de dezembro, no mesmo dia em que soube do surgimento de um vírus em Wuhan, até então desconhecido, ela determinou que todos os passageiros retornando da cidade deveriam ser investigados. Somente alguns dias depois é que a Organização Mundial da Saúde (OMS), organismo do qual Taiwan não faz parte, viria a declarar que o vírus era transmissível entre humanos.

Em janeiro, dois meses antes de a OMS declarar a pandemia, Tsai apresentou 124 medidas para evitar que o vírus se espalhasse sem ter de recorrer ao isolamento total, que viria a ser adotado em vários países mais tarde. Hoje, Taiwan contabiliza um saldo de 395 casos e apenas seis mortes.

Na Finlândia, Sanna Marin, a chefe de Estado mais jovem do mundo, com 34 anos, comanda uma cruzada contra a pandemia usando as redes sociais e influenciadores digitais, que vem ajudando o país a manter números baixíssimos de infectados - apenas 3,2 mil. O sucesso da premiê finlandesa é tão grande que uma pesquisa recente indicou que seu desempenho durante a crise recebeu a aprovação de 85% dos eleitores.

De acordo com reportagem da revista Forbes, a Islândia, sob a liderança da jovem primeira-ministra Katrín Jakobsdóttir, também é um caso à parte. Seu governo está oferecendo testes gratuitos para todos os cidadãos, com ou sem sintomas - o país já testou 10% da população. A Islândia registrou 1,7 mil casos e oito mortos. O governo islandês instituiu também um sistema completo de rastreamento de casos, permitindo que não fosse necessário o isolamento ou fechamento de escolas.

15 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 15 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • D

    Do Interior

    ± 3 horas

    Mentira! E a Bidhya Devi do Nepal? Trinidad e Tobago, Etiópia entre outros?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • A

      André

      ± 2 horas

      shhhhh...... Fique quieto senão alguém ouve. Não pode falar dessas coisas. Só pode falar de onde dá certo com mulher e errado com homem, senão não lacra. Ih esqueci, não pode falar dos miguchos também. Venezuela é gopi, É GOPI!!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

  • C

    C R Berger

    ± 4 horas

    Cara......Alemanha é Alemanha. Pode por o XXUUNNNDA de Primeiro Ministro que a coisa anda. Tenho sangue 100% alemão e sei como funciona.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • M

      Mauro Tapajós Santos

      ± 4 horas

      Estadão?! Really??? Lacração?! Tão de sacanagem né?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • C

        Claudio L.

        ± 5 horas

        Não é questão de gênero, meu caro articulista. É questão de dinheiro, corrupção sob controle, sistema de saúde equipado e CONFIÁVEL e principalmente, educação do povo. A propaganda feminista travestida de preocupação com a solução da crise é mais um exemplo de jornalismo fajuto.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • M

          Mirtão

          ± 6 horas

          Volta Dilma! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • F

            Felício Turrão

            ± 6 horas

            Grande *****... querem voltar com essa PuTaria gays tem mais prazer, PTistas roubam com mais vigor, comunistas matam mais e com mais crueldade...

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • H

              Heros Musial

              ± 9 horas

              Meus caros, moro na Europa. Querer comparar paises do primeiro mundo, onde 0% da populacao nao precisa trabalhar hoje para comer amanha, e uma infantilidade de grande calibre. Aquela senhora da Finlandia, a unica coisa que tem no curriculo, e que foi criada por duas lesbicas e mais nada. Nao foi questao de competencia, mas de acerto ou erro. No Brasil com certeza o virus ja esta mutado e deve ser um de outra virilidade, pois basta ver que ate o momento ha 7 casos por milhao e nao vai aumentar para chegar como na Espanha onde esta a 388. Meus amigos, analises tem que ser feitas de modo profissional. Este artigo esta muito fraquinho e com argumentos populistas

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • J

                Jeane

                ± 14 horas

                Bobagem. Fomos liderados por uma mulher e ela nos levou à pior crise da nossa história. O trauma foi tão grande que reportagens como essas me causam desinteresse e até mesmo vertigem. O que vale é a competência!

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • F

                  Fernando Cavalcante

                  ± 16 horas

                  Assino a Gazeta em busca de qualidade, mas se querem apenas repetir o que eles dizem, tudo bem. Cancelo aqui e assino direto na fonte.

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • G

                    Gregório

                    ± 17 horas

                    Quando criança o Estadão, Jornal da Tarde, Agência Estado e as rádios Eldorado AM e FM eram exemplos de bom jornalismo. Não sei o que aconteceu ao longo do tempo, hoje o que restou do grupo virou um chulé. Julio de Mesquita deve ter revirado sem parar no túmulo!

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    1 Respostas
                    • G

                      GUSTAVO_RJ_70

                      ± 15 horas

                      O que aconteceu foi Paulo Freire na educação, principalmente na área de Humanas, onde está o jornalismo. Lá eles não formam jornalistas, formam militantes. Lá ensinam que não existe verdade, é tudo relativo. Ensinam a luta de classes, o marxismo disfarçado nas causas 'humanas', e os fazem pensar que são os melhores seres da terra.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                  • A

                    André Defert

                    ± 17 horas

                    Comparar uma população de cerca de 350 mil pessoas como a Islândia com um CIDADE como São Paulo com mais de 12 MILHÕES é no mínimo uma piada de mau gosto. Aliás enquanto a líder de Taiwan resolveu investigar cada pessoa que chegava ao país, por não fazer parte da OMS, Trump era chamado de racista por proibir o desembarque de pessoas vindas da China. Na boa Gazeta, está feio...

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • A

                      A.R.ALVES

                      ± 19 horas

                      Cria vergonha na cara estadão!! os exemplos são de países ricos com população pequena e cidadãos bem instruídos. Não significa que por serem comandados por mulheres são melhores ou piores que outros países.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      • V

                        VOTO IMPRESSO JÁ

                        ± 20 horas

                        Essa manchete fomenta a discriminação de sexo, que é uma técnica de Lenin para instalar o ódio na sociedade e assim alcançar mais facilmente o poder totalitário.

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        Fim dos comentários.