Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
 | Christian Hüther/Reprodução/Twitter
| Foto: Christian Hüther/Reprodução/Twitter

Um homem atacou passageiros em um trem com um machado, na cidade de Wurzburg, na Baviera, no sul da Alemanha, na noite desta segunda-feira (18). Quatro pessoas ficaram feridas, das quais três estariam em estado grave.

O responsável pelo ataque é um adolescente afegão de 17 anos. Ele foi baleado e morto pela polícia alemã. A morte do agressor foi confirmada pelo ministro do Interior. Segundo o jornal Bild, o jovem teria gritado as palavras “Allahu Akbar”, expressão em árabe que significa “Deus é grande”, antes de desferir os golpes contra os passageiros.

O ataque ocorreu na linha Treuchtlingen-Würzburg, quando a composição passava pelo distrito de Heidingsfeld. A linha do trem onde ocorreu o crime está fechada.

Inicialmente, a imprensa internacional noticiou que os feridos passavam de 20, mas o número dizia respeito ao total de atendidos, já que outras pessoas estavam em estado de choque.

Terrorismo

A ação é a quarta do tipo no país desde que a milícia terrorista Estado Islâmico conclamou seus seguidores na Alemanha a atacar pessoas com armas brancas no país, em agosto.

Em 10 de maio, outro homem usou uma faca para matar uma pessoa e deixar outras três feridas na estação de trem de Grafing, a leste de Munique. Na ocasião, o governo local disse que o agressor agiu por motivos políticos e seria um radical islâmico.

No fim de março, uma adolescente de 15 anos, com nacionalidade alemã e marroquina, feriu gravemente um policial na estação de Hanover.

Em setembro, a polícia matou um iraquiano de 41 anos que havia atacado uma agente com uma faca em Berlim. O agressor estava em liberdade condicional, depois de ter cumprido pena por integrar uma organização “terrorista” e por planejar um atentado contra o primeiro-ministro iraquiano em 2004.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]