Polícia novaiorquina pericia local onde suspeito foi baleado | SHANNON STAPLETON/REUTERS
Polícia novaiorquina pericia local onde suspeito foi baleado| Foto: SHANNON STAPLETON/REUTERS

Um agente da polícia de Nova York deixou gravemente ferido um homem suspeito de ter atacado várias pessoas com um martelo no centro da cidade, segundo informaram as autoridades. O homem, identificado como David Baril, de 30 anos, se encontra em estado grave em um hospital, de acordo com a imprensa local.

A polícia tinha divulgado nesta terça-feira uma foto de Baril depois que pelo menos quatro pessoas foram atacadas a marteladas na cidade nas últimas horas.

Dois agentes identificaram o suspeito nesta manhã caminhando pelo bairro de Midtown e lhe ordenaram a parar para poder interrogá-lo. Quase que imediatamente, o homem tirou um martelo de uma bolsa e tentou atacar uma das agentes, para logo em seguida ser baleado pelo parceiro dela.

O primeiro dos ataques aconteceu na segunda-feira pela tarde no cruzamento da Sexta Avenida e da rua 35, e horas depois foram registrados pelo menos três incidentes similares, segundo a polícia.

Uma das vítimas, Víctor Ureña, explicou ontem à noite à emissora “CBS” que acabava de sair da universidade quando um homem bateu em sua cabeça com um martelo em plena rua. “Comecei a sangrar quase imediatamente e então saiu correndo”, disse Ureña. “A única coisa que espero é que o encontrem e ninguém mais passe por isto”, acrescentou.

O suspeito, residente no condado do Bronx, conta com uma longa ficha criminal e sofre problemas mentais, segundo as autoridades.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]