Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Van Terry, ao centro, é contido por policiais após agredir assassino da filha | Reprodução/
Van Terry, ao centro, é contido por policiais após agredir assassino da filha| Foto: Reprodução/

O pai de uma das três vítimas do serial killer Michael Madison, que atuava em Cleveland, no estado norte-americano de Ohio, tentou bater no réu em pleno julgamento, na última quinta-feira (2) .

Pai de Shirellda Terry, morta em 2013, aos 18 anos, Van Terry chegou a se pronunciar em tribuna durante a audiência, relatando aos presentes o impacto que a perda da filha teve em sua vida. Após a fala, descontrolou-se e partiu para cima do assassino.

Terry foi retirado por policiais da sala de julgamento e, aparentemente, Madison não sofreu nenhum ferimento e ainda debochou do ocorrido. Assista ao vídeo:

Sentença

Michael Madison foi considerado culpado pelo júri e condenado à pena de morte pelos assassinatos de Angela Deskins, de 38 anos, e Shetisha Sheele, de 28, e de Shirellda Terry. Os corpos foram encontrados no apartamento onde Madison vivia, em Cleveland, em julho de 2013, e todas as vítimas eram afro-americanas.

À polícia, ele afirmou que estrangulara Angela e Shetisha, mas que não se lembrava de ter matado Shirellda.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]