Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A Hungria anunciou ontem planos de construir uma cerca de quatro metros de altura ao longo de sua fronteira com a Sérvia para deter o fluxo de imigrantes ilegais, uma medida que deve contrariar grupos de direitos humanos e a União Europeia. No centro da Europa e sem acesso ao mar, o país de 10 milhões de habitantes é signatário do Acordo de Schengen, que libera a circulação de habitantes da Europa sem visto, e por isso é um destino atraente para imigrantes que chegam do Oriente Médio e de outras regiões pelos Bálcãs. “Os países da UE buscam uma solução (para a crise migratória), mas a Hungria não pode se dar ao luxo de esperar mais”, disse ontem o ministro húngaro das Relações Exteriores, Peter Szijjarto.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]