i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
crime inusitado

Inspirado em Seinfeld, homem tenta reciclar milhares de latas e pode ser preso

Latas e garrafas seriam colocados em máquina que devolve US$ 0,10 por unidade em Michigan, nos Estados Unidos. O problema é que o homem queria ‘importar’ a mercadoria, o que é proibido

  • PorDa Redação
  • 26/07/2016 16:34
 | Reprodução/Pixabay
| Foto: Reprodução/Pixabay

Em alguns estados norte-americanos, depositar garrafas PET e latas de alumínio usadas para reciclagem rende ao cidadão 10 centavos de dólar por unidade. O serviço, porém, exige que os recipientes tenham sido adquiridos dentro do estado de retorno, para evitar divergências de preço.

Ignorando essa regra, um homem – que se inspirou em um episódio do sitcom “Seinfeld” – tentou retornar mais de 10 mil unidades de diferentes estados em Michigan, e poderá pegar até cinco anos de prisão. As informações são do jornal britânico The Guardian.

O caso aconteceu no final de abril, quando Brian Everidge, o acusado, foi parado por um guarda de trânsito por excesso de velocidade. Na ocasião, Everidge guiava um caminhão com um carregamento de milhares de latas de alumínio. Ele disse ao policial que as latas vinham do estado de Kentucky e que pretendia destiná-las à reciclagem.

“Ele só não disse onde as retornaria”, contou o policial Clifford Lyden, autor da acusação, à publicação.

A juíza do Condado de Livingston, Suzanne Geddis, afirmou que Everidge provavelmente irá a julgamento devido ao seu ato. Já o promotor responsável pelo caso, William J. Vailliencourt, limitou-se a dizer que nunca presenciou algo parecido.

O advogado de Everidge, Marcus Wilcox, alegou ser uma injustiça o processo contra seu cliente, uma vez que o depósito dos materiais não ocorrera. “Ele apenas pretendia retorná-los, mas não o fez”.

Inspiração em sitcom

Para cometer o ato, Everidge se inspirou no episódio “The Bottle Deposit” (“O depósito de garrafas”, em português), do seriado “Seinfeld” (1989-1998).

No enredo, os personagens Newman e Kramer elaboram um plano para lucrar com a reciclagem de garrafas e latas. Em vez de depositá-las em Nova York em troca dos 5 centavos que o estado paga por item, cogitam encher contêineres para levá-las, justamente, ao Michigan, onde poderiam lucrar o dobro.

Ao final, Kramer se convence de que o custo-benefício do esquema não valeria a pena. E parece que ele estava certo.

O ator Michael Richards (Kramer) em cena do episódioReprodução

Colaboraram: Cecília Tümler e Mariana Balan

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.