i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
indústria

Irã diz que vírus Stuxnet infectou 30 mil computadores

  • Poragência estado
  • 26/09/2010 14:53

Um poderoso vírus chamado Stuxnet atacou cerca de 30 mil computadores industriais no Irã, mas não causou danos graves, disse o chefe do conselho de tecnologia da informação do Ministério das Indústrias do Irã, Mahmoud Liayi. O governo negou porém que o vírus tenha afetado a primeira usina nuclear iraniana de Bushehr.

"O vírus não provocou qualquer dano aos principais sistemas da usina de Bushehr", disse o administrador de projetos de Bushehr, Mahmoud Jafari. "Todos os programas de computadores da usina estão funcionando normalmente", acrescentou ao jornal do governo Iran Daily. A agência de notícias oficial Irna citou, no entanto comentários de Jafari de que alguns "computadores pessoais de funcionários da usina", foram infectados pelo vírus. Para a agência Fars, Jafari testemunhou que até agora, cinco versões do Malware foram detectados no país.

O vírus foi identificado em junho e já infectou 45 mil computadores no mundo. O vírus foi desenhado para atacar o controle de supervisão e o sistema de aquisição de dados concebido pela Siemens, normalmente utilizado para administrar fornecimento de água, perfurações de petróleo, usinas de energia elétrica e instalações industriais. O malware é capaz de reconhecer uma rede específica de controle de uma instalação industrial e então destruí-la, segundo o pesquisador em segurança de computadores alemão, Ralph Langner, que analisa o software.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.