Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O Irã está pressionando a Organização das Nações Unidas (ONU) para que ponha fim ao embargo de armas ao país como parte de um acordo nuclear final, informou um diplomata iraniano. O prazo para o encerramento das negociações é hoje, mas os governos dos Estados Unidos e do Irã teriam sugerido que as discussão se estendam até o fim desta semana.

A demanda do governo do Irã está entre as últimas questões sendo negociadas entre o país e as potências do P5+1 (Estados Unidos, Reino Unido, China, França, Alemanha e Rússia), na tentativa de chegar a um acordo em Viena, na Áustria. 

“Qual foi a razão para a inclusão do embargo de armas, em primeiro lugar? Esta é uma das questões importantes que estamos discutindo”, disse o diplomata iraniano ontem, durante um intervalo nas negociações. “Não deve existir espaço para um embargo de armas”, comentou.

Oficiais do governo dos EUA afirmaram que uma nova resolução do Conselho de Segurança da ONU deve ser elaborada como parte de qualquer acordo nuclear final. Eles acrescentaram que a resolução deve manter elementos do embargo de armas e outras restrições.

O oficial iraniano afirmou que seu país não quer que os parceiros de negociação busquem mais uma extensão do prazo final, mas disse que Teerã vê com bons olhos a prorrogação. “Não vemos um prazo final definitivo para concluir nosso trabalho aqui”, disse o diplomata. “Se passarmos do dia 9 de julho, isso não será o fim do mundo. Precisamos de um bom acordo”.

O iraniano, que participa das negociações em Viena, indicou que as demandas dos EUA podem não ser aceitáveis, acrescentando que a percepção do Conselho de Segurança da ONU sobre o Irã precisa mudar para apoiar um acordo nuclear.

“Em nossa opinião, o tratamento recebido pelo Irã pelo Conselho de Segurança tem sido terrível”, disse o diplomata. “Se você quer chegar a uma solução razoável, uma mudança tem de ocorrer”. Ele disse ainda que houve um progresso significativo nas negociações nas duas últimas semanas e que apenas algumas questões finais precisam ser acertadas.

A potências do P5+1 querem congelar o programa nuclear iraniano por dez anos e obter garantias de que o país não terá condições de produzir armamento nuclear. O Irã garante que seu programa nuclear é pacífico.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]