Anna Ursu, de 18 anos, queria fazer uma “selfie especial” | Reprodução / Facebook
Anna Ursu, de 18 anos, queria fazer uma “selfie especial”| Foto: Reprodução / Facebook

Uma adolescente romena foi eletrocutada nesta terça-feira (12) ao subir no alto de um trem estacionado na tentativa de tirar uma selfie “definitiva”.

A jovem estava deitada no teto da locomotiva quando esticou uma de suas pernas para o ar, entrando em contato com o campo elétrico dos cabos que estavam a cima de sua cabeça. O contato fez com que 27 mil volts passassem pelo corpo da jovem, que imediatamente pegou fogo.

Segundo o jornal britânico “Daily Mail”, Anna Ursu, 18, e uma amiga foram à estação de trem na cidade de Iasi, na Romênia, para fazer uma “selfie especial”.

A carga que atingiu Ursu foi tão forte que sua amiga foi lançada para fora do telhado do trem.

Apesar dos esforços de um homem que passava pelo local para salvar a vida de Ursu, ela morreu mais tarde em um hospital com queimaduras em 50% de seu corpo.

A amiga, de 17 anos, está se recuperando e contou aos investigadores que a dupla queria tirar a “selfie definitiva” e não pararam para pensar no perigo, segundo o jornal britânico.

Um porta-voz do hospital disse que a garota não chegou a tocar o fio elétrico diretamente, mas o contato com o campo criado pela fiação já foi o suficiente para eletrocutá-la.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]