Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado

Mais 7.000 refugiados sírios no Iraque cruzaram de volta nas últimas semanas a fronteira síria para a cidade de Albu Kamal devido à segurança melhor lá, afirmou hoje uma autoridade iraquiana.

O fluxo de volta coincide com uma calmaria nas batalhas e ataques aéreos pelo exército do presidente sírio Bashar al-Assad's, que promove uma ofensiva pela Síria, especialmente na cidade de Qusair, perto de Damasco e ao sul.

O prefeito da cidade fronteiriça iraquiana de al-Qaim disse que 7.000 dos 11 mil refugiados sírios que ficaram lá voltaram para casa.

"A cada semana, recebemos pedidos de refugiados para voltar às suas cidades através da fronteira, eles estão voltando livremente", disse o prefeito da cidade, Farhan Ftaikhan por telefone.

"A situação da segurança em Albu Kamal está bastante calma. Não há combates ou ataques aéreos há cerca de três meses", afirmou

Cerca de 152 mil refugiados sírios foram registrados no Iraque, de acordo a agência de refugiados da Organização das Nações Unidas (ONU), a maioria deles curdos e muçulmanos sunitas que fugiram para a região autônoma do Curdistão e para a província dominada por sunitas de Anbar.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]