Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Trump e Melania durante o primeiro dia convenção republicana | Robyn Beck/AFP
Trump e Melania durante o primeiro dia convenção republicana| Foto: Robyn Beck/AFP

Melania Trump foi uma das principais atrações do primeiro dia da convenção republicana, que se prepara para confirmar nesta semana em Cleveland o marido dela, Donald Trump, como candidato do partido à Casa Branca.

O momento de glória da ex-modelo, no entanto, durou pouco. Melania mal havia terminado de falar na noite desta segunda (18), quando começaram a circular nas redes sociais acusações de que ela havia plagiado partes do discurso da atual primeira-dama, Michelle Obama, na convenção do Partido Democrata de 2008.

Dois trechos da fala de Melania, especificamente, guardam semelhanças claras com o de Michelle.

“Desde pequena, meus pais me incutiram valores: que você trabalha duro pelo que quer na vida; que sua palavra é seu compromisso, você faz o que diz e cumpre sua promessa; que você trata as pessoas com respeito”, disse Melania nesta segunda.

No discurso de 2008, Michelle afirmou: “Você trabalha duro pelo que quer na vida; sua palavra é seu compromisso e você faz o que diz que irá fazer; você trata as pessoas com dignidade e respeito, mesmo se não as conhece e mesmo que discorde delas”.

Em outro trecho, sobre crianças, a fala de Melania também se parece muito com a de Michelle. “Queremos que nossas crianças neste país saibam que o único limite para suas conquistas é a força de seus sonhos e sua vontade de trabalhar por eles.”

Já no discurso da atual primeira-dama em 2008: “Queremos que nossas crianças -e todas as crianças deste país- saibam que o único limite para a altura de suas conquistas é o alcance de seus sonhos e sua vontade de trabalhar por eles”.

Procurada por vários órgãos de imprensa sobre o suposto plágio, a assessoria de Donald Trump inicialmente não quis comentar. Horas depois, o porta-voz da campanha, Jason Miller, divulgou uma declaração em que nega indiretamente a acusação contra a ex-modelo eslovena.

“Ao escrever o seu lindo discurso, a equipe de escritores de Melania tomou nota das inspirações de sua vida, e em alguns momentos incluiu fragmentos que refletem seu próprio pensamento. A experiência de Melania como imigrante e o amor pelos EUA brilharam em seu discurso, o que o tornou um sucesso”, disse Miller.

Surpresa

Rompendo uma tradição das campanhas presidenciais americanas, Donald Trump subiu ao palco da convenção republicana no primeiro dia da convenção do Partido Republicano, para apresentar sua mulher, Melania.

A participação do empresário surpreendeu os delegados do partido - geralmente o candidato presidencial só costuma aparecer após ser confirmado oficialmente, o que ocorrerá no último dia da convenção, quinta (22).

“Tenho o grande prazer de apresentar a próxima primeira-dama dos EUA”, disse Trump, enquanto era ovacionado pelo público e recebia a mulher com um beijo, antes de deixar o palco.

O empresário entrou no palco ao som de “We are the champions” (somos os campeões, do grupo Queen) e teve um raro momento de poucas palavras. Trump, que discursou por meia hora no sábado antes ao anunciar o vice de sua chapa presidencial, o governador de Indiana, Michael Pence, só precisou de um minuto para apresentar a mulher.

“Vamos ganhar, vamos ganhar grande”, limitou-se a dizer, referindo-se à eleição presidencial de novembro, em que enfrentará a democrata Hillary Clinton.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]