Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Susana Villarán está na frente na apuração | Reuters
Susana Villarán está na frente na apuração| Foto: Reuters

A candidata esquerdista Susana Villarán consolidava hoje, por pequena margem, uma vantagem sobre a candidata conservadora Lourdes Flores, na disputa pela Prefeitura de Lima, indicou a contagem dos votos. O Escritório Nacional de Contagem Eleitoral do Peru informou que contados 65,18% dos sufrágios na tarde de hoje, Villarán tinha 38,77% dos votos, enquanto Flores tinha 37 18%.

Analistas políticos dizem que não é provável que essa tendência de avanço de Villarán seja revertida e que seu novo partido, a Força Social, elegerá a primeira mulher para governar a capital peruana, governada por homens desde que foi fundada em 1535. Se eleita, Villarán também será a primeira prefeita de esquerda a governar Lima em 27 anos. Villarán afirma representar uma nova esquerda, distante do estatismo do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, e mais próxima dos projetos esquerdistas do Brasil, Chile, Uruguai e El Salvador.

Mais de 19 milhões de peruanos votaram ontem para eleger 12.494 autoridades municipais e estaduais, bem como 25 governadores regionais. Os resultados indicam que o Partido governista APRA sofreu uma derrota regional, uma vez que obteve o controle apenas do departamento (Estado) de Tumbes. O APRA perdeu o governo da cidade de Trujillo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]