Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | Museu Vaticano/Efe
| Foto: Museu Vaticano/Efe

O Vaticano apresentou na última quarta-feira novos sistemas de iluminação e de purificação do ar para proteger os afrescos de Michelangelo (1475—1564) na Capela Sistina. Poeira vinda do lado de fora, suor e dióxido de carbono representam um risco grande para as obras de arte, que têm mais de 500 anos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]