Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Governos reagiram aos atentados de quarta-feira em Mumbai, na Índia, lamentando o ocorrido e ressaltando a disposição de ajudar o governo indiano.

Brasil

O Itamaraty divulgou a seguinte nota: "O Governo brasileiro recebeu com profundo pesar a notícia da ocorrência, hoje, 26 de novembro, de atentados terroristas na cidade indiana de Mumbai, em que dezenas de pessoas morreram. Ao transmitir sentidas condolências aos familiares das vítimas e ao Governo indiano, o Governo brasileiro reafirma sua condenação veemente a todas as formas de terrorismo. Segundo informações transmitidas pelo Consulado do Brasil em Mumbai, não há registro de brasileiros entre as vítimas".

Departamento de Estado dos EUA

"Os Estados Unidos condenam veementemente os ataques terroristas que ocorreram em Mumbai, Índia", diz uma mensagem do Departamento de Estado.

"Nós estamos monitorando a situação com muita atenção e apresentamos nossa disposição em dar apoio ao Governo indiano neste momento em que lida com esta série terrível de ataques. Nossas condolências às famílias e amigos das pessoas que morreram ou ficaram feridas.

Barack Obama

"O presidente eleito Obama condena os ataques terroristas em Bombaim. Esses ataques coordenados contra civis inocentes mostram a ameaça terrorista. Os Estados Unidos devem continuar a reforçar suas alianças com a Índia e com as nações de todo o mundo para destruir as redes terroristas".

Grã-bretanha

Eu enviei uma mensagem ao primeiro-ministro (indiano Manmohan) Singh, dizendo que a Grã-Bretanha está solidamente unida à Índia em sua resposta e oferece toda a ajuda necessária. Estão sendo adotadas medidas urgentes para oferecer toda a proteção possível aos cidadãos britânicos na região."

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]