Gaza – Facções palestinas rivais estavam perto de chegar a um acordo, ontem, sobre quem deve substituir o premier palestino, Ismail Haniyeh, mas o candidato à vaga ainda precisa ser aprovado oficialmente pelo presidente Mahmoud Abbas, disseram autoridades. Negociadores do grupo islâmico Hamas e da facção Fatah afirmaram, em declarações dadas separadamente, que estavam perto de um acordo para colocar Mohammad Shbair, ex-presidente da Universidade Islâmica em Gaza, no lugar de Haniyeh. "Estamos encarando uma nova era na qual todos vamos trabalhar juntos de modo a sermos capazes de proteger os legítimos direitos do povo palestino", disse o ex-primeiro-ministro Ahmed Qurie, uma importante autoridade da Fatah.

"Os próximos dias irão testemunhar a grande virada, e as responsabilidades sobre os líderes se tornarão enormes." Shbair era o principal nome na disputa pelo cargo de premier, mas a nomeação dele ainda precisava ser endossada por Abbas e não há certeza sobre se o Hamas aceitará o novo premier enquanto não estiverem definidos os ocupantes dos outros cargos do governo de unidade nacional.

Retomada

Os palestinos esperam que um novo premier e um governo de unidade convençam o Ocidente a retomar o envio de ajuda. Esse envio foi suspenso em março, depois de o Hamas, que defende a destruição de Israel, ter subido ao poder. "Podemos dizer que a Fatah não fez nenhuma objeção. Mohammad Shbair é um candidato do Hamas e a Fatah não fez objeção. Então, há uma boa chance (de que ele seja nomeado)", afirmou Rudwan al-Akhras, um porta-voz da bancada parlamentar da Fatah. Akhras acrescentou, porém, que Abbas, que deve viajar até a Jordânia para uma visita de dois dias, precisa ainda anunciar oficialmente a nomeação de Shbair.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]