Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado

O papa Francisco lembrou neste domingo os "muitos" conflitos que ocorrem no mundo e condenou as "trágicas consequências" da guerra na Síria, ao mesmo tempo em que elogiou os recentes avanços obtidos na América Latina em direção à paz.

Durante a reza do Ângelus, na Praça de São Pedro do Vaticano, o papa argentino se referiu aos conflitos na América Latina sem citar nenhum concretamente. Ontem, Francisco abordou com o presidente do Uruguai, José Mujica, o conflito colombiano e o papel que a Igreja pode ter nas negociações de paz.

"No mundo há muitas situações de conflito, mas há muitos sinais também de esperança. Quereria encorajar e expressar meu apoio aos recentes passos conseguidos em vários países da América Latina rumo à reconciliação e à paz", disse Francisco.

Sobre a questão síria, o pontífice lembrou que a guerra segue "viva" e que isto o faz "sofrer" pela "preocupação com a persistência do conflito, que afeta especialmente a população indefesa e que deseja paz".

"Esta tormentosa situação de guerra leva consigo trágicas consequências: morte, destruição, problemas econômicos e ambientais, como também a praga dos sequestros de pessoas", afirmou o papa da sacada em uma ensolarada manhã de domingo, diante de uma praça lotada.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]