i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Por telefone

Papa Francisco parabeniza Biden pela eleição nos EUA

    • Estadão Conteúdo e Gazeta do Povo
    • 12/11/2020 22:05
    Em 2015, quando era vice-presidente de Obama, Biden esteve com o papa Francisco em Washington.
    Em 2015, quando era vice-presidente de Obama, Biden esteve com o papa Francisco em Washington.| Foto: AFP

    Nesta quinta-feira (12), o papa Francisco conversou por telefone com Joe Biden e desejou "bênçãos e parabéns" pelo resultado da eleição nos Estados Unidos, informou em nota a equipe do democrata. Segundo projeção da imprensa, Biden será o próximo presidente do país.

    Biden, de 77 anos, deve ser o segundo católico a ocupar o cargo de presidente dos Estados Unidos na história. O primeiro foi John F. Kennedy, na década de 1960. Biden fala abertamente sobre a importância da fé em sua vida e frequenta as missas na cidade onde vive, Wilmington, Delaware, quase toda semana.

    "O presidente eleito agradeceu à Sua Santidade por suas bênçãos e parabéns e destacou seu apreço pela liderança de Sua Santidade na promoção da paz, reconciliação e dos laços comuns da humanidade em todo o mundo", disse o comunicado sobre a ligação divulgado pelo escritório de Biden.

    A campanha de Biden afirmou, no texto, que o democrata ainda agradeceu ao pontífice por "estender bênçãos e parabéns e notou seu apreço pela liderança de Francisco na promoção da paz, reconciliação e nos laços comuns da humanidade em todo o mundo".

    Biden também disse que gostaria de trabalhar com o papa para promover "uma crença compartilhada na dignidade e na igualdade de toda a humanidade em questões como cuidar dos marginalizados e pobres, enfrentar a crise das mudanças climáticas e acolher e integrar imigrantes".

    Durante sua campanha, Biden citou o papa João Paulo II e invocou com frequência suas raízes católicas irlandesas e prometeu "restaurar a alma dos EUA". O democrata costuma carregar consigo um terço que pertenceu ao seu filho Beau, que morreu em 2015. Nesse mesmo ano, o papa Francisco se reuniu com Biden, então vice-presidente dos EUA, em Washington, quando discursou no Capitólio em sessão conjunta no Congresso.

    1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 1 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

    • S

      Sonia Cabral Merlin

      ± 0 minutos

      Biden ainda não está eleito.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso