i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Pedofilia

Papa nomeia comissão para investigar abusos na Irlanda

Vaticano também anunciou renúncia do arcebispo Richard Burke, envolvido em escândalo sexual na Nigéria

  • PorAgência Estado
  • 31/05/2010 13:06

O papa Bento XVI ordenou uma investigação sobre abusos sexuais de menores na Igreja Católica da Irlanda. O Vaticano informou hoje que o pontífice já nomeou os religiosos que vão encabeçar esse trabalho.

Bento XVI havia prometido a investigação em uma carta em março aos irlandeses, na qual falou do abuso sexual cometido durante décadas por membros da Igreja. Hoje o pontífice pediu à comunidade católica irlandesa que apoie a investigação e a veja como uma oportunidade para a renovação.

O Vaticano também anunciou hoje que o papa aceitou a renúncia do arcebispo Richard Burke, que havia liderado a diocese de Ciudad Benin, na Nigéria. Burke é acusado de manter uma relação de 20 anos com uma mulher, iniciada quando ela tinha 14 anos. A investigação na Irlanda deve começar no último trimestre do ano e vai apurar o modo como os casos de abuso foram investigados e também como a assistência às vítimas foi feita.

Os nove investigadores - ou "visitantes apostólicos", na linguagem do Vaticano - vão examinar os procedimentos existentes para prevenir abusos e buscarão formas de melhorá-los. O Vaticano disse que a investigação tem como meta ajudar os bispos o clero e os fiéis a responder aos "trágicos casos" de abusos e "contribuir para a desejada renovação moral e espiritual que já é buscada pela Igreja na Irlanda".

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.