i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Japão

Partido governista do Japão escolhe Kan como premiê do país

  • PorReuters
  • 04/06/2010 09:01
Naoto Kan é eleito o próximo primeiro-ministro do Japão | TORU YAMANAKA/AFP
Naoto Kan é eleito o próximo primeiro-ministro do Japão| Foto: TORU YAMANAKA/AFP

O ministro das Finanças do Japão, Naoto Kan, um conservador fiscal com a imagem de desafiador do status quo, foi eleito para ser o próximo primeiro-ministro do Japão nesta sexta-feira, num momento em que o partido governista tenta melhorar suas chances antes de uma eleição nacional.

Kan, de 63 anos, se tornará o quinto primeiro-ministro do Japão em três anos, assumindo um país que luta contra um enorme déficit público, para promover o crescimento numa sociedade que está envelhecendo e para lidar com os laços de segurança com os Estados Unidos e com uma China em crescimento.

O Partido Democrata do Japão (DPJ, na sigla em inglês) escolheu Kan por esmagadora maioria para ser o sucessor do impopular primeiro-ministro Yukio Hatoyama, que deixa o cargo na semana que vem, antes de uma eleição para a câmara alta do Parlamento em julho que o bloco governista precisa vencer para evitar que a oposição trave suas iniciativas legislativas.

"Com todos vocês, eu gostaria primeiro de compilar políticas ou planos firmes para reconstruir o Japão... antes da eleição para a câmara alta", disse Kan no discurso em que aceitou a indicação.

A chegada de Kan ao poder pode significar a promoção de medidas mais arrojadas para conter a dívida pública que já é duas vezes maior que a economia, embora ele tenha de enfrentar a oposição de muitos dentro de seu partido antes da eleição.

Com a popularidade em frangalhos, Hatoyama renunciou na quarta-feira somente oito meses depois de assumir o cargo com a promessa de reduzir o desperdício, tirar o controle da política das mãos dos burocratas e dar dinheiro aos consumidores para estimular a demanda doméstica.

A saída abrupta dele gerou preocupações nos investidores de que o governo decida atrasar os esforços para reduzir a dívida pública e impulsionar o crescimento.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.