Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Pelo menos 30 soldados das forças do regime sírio morreram nesta quarta-feira em um ataque do grupo Estado Islâmico (EI) no campo de gás de Al Sha'er, na província de Homs, no centro da Síria, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

O OSDH destacou que há informações que os radicais estão avançando para tomar o controle da jazida, depois que ontem à noite foram retomados os confrontos entre ambas as partes nessa região.

Na segunda-feira (27), o EI tomou o controle de três poços do campo de Al Sha'er.

Essa área foi alvo de um ataque dos extremistas no final de julho, no qual pelo menos 350 pessoas morreram e que foi repelido pelo regime, depois de quase dez dias de combates, nos quais os jihadistas chegaram a assumir o controle do local.

O EI proclamou um califado no Iraque e na Síria em junho, após conquistar grandes partes do centro e do norte dos dois países.

Em seu avanço, tentou tomar o controle de jazidas de gás e de petróleo, que são consideradas suas principais fontes de financiamento.

Algumas dessas instalações foram bombardeadas pelos aviões da coalizão internacional, liderada pelos Estados Unidos, sobretudo as localizadas na província de Deir ez Zor, no nordeste do país, a mais rica em petróleo da Síria e dominada quase em sua totalidade pelos radicais.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]