violência racial eua
Protestos violentos têm ocorrido nos EUA desde a morte de George Floyd por um policial branco. Na imagem, o dia seguinte a uma noite de saques a lojas em Chicago.| Foto: AFP

Um policial atirou contra um afro-americano em Kenosha, Wisconsin, neste domingo (23), provocando protestos violentos na cidade. Jacob Blake, que foi baleado sete vezes nas costas, está internado em condição grave de saúde. O policial que atirou e os outros que atenderam ao chamado de incidente doméstico foram afastados das ruas. O Departamento de Justiça de Wisconsin disse que vai investigar o caso.

Testemunhas disseram a um jornal local que Blake estava tentando separar uma briga e que a polícia tentou primeiro eletrocutá-lo com uma pistola de choque. Um vídeo do incidente, publicado nas redes sociais, mostra Blake, seguido de perto por um policial que apontava uma arma contra ele, entrando em seu carro quando é baleado. A imprensa da cidade também informou que três filhos de Blake estavam dentro do veículo naquele momento. Autoridades e líderes democratas questionaram por que o policial não usou uma pistola de choque ou desabilitou o carro para impedir uma fuga.

O vídeo viralizou nas redes sociais e pessoas começaram a se reunir perto do local onde Blake havia sido baleado. Não demorou muito para que a situação escalasse para a violência: manifestantes quebrando janelas de viaturas policiais, incêndios nas ruas e no lado de fora do tribunal local, pichações em prédios públicos. Houve também relato de que um policial teria desmaiado depois de ser atingido com um tijolo na cabeça.

A cidade declarou estado de emergência e instituiu um toque de recolher até as 7h de segunda-feira. Um alerta de segurança pública sugeria que as empresas que funcionam à noite fechassem "devido a vários roubos de armas e chamados de tiroteios", informou o Washington Post.

4 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]