Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
O presidente da França, Emmanuel Macron, foi reeleito nas eleições deste domingo (24).
O presidente da França, Emmanuel Macron, foi reeleito nas eleições deste domingo (24).| Foto: EFE/EPA/YOAN VALAT
Apuração em andamento
Este conteúdo é sobre um fato que ainda está sendo apurado pela redação. Logo teremos mais informações.

O presidente da França, Emmanuel Macron, foi reeleito neste domingo (24) ao obter entre 15,2 e 16,4 pontos de diferença sobre sua rival, Marine Le Pen, no segundo turno das eleições presidenciais, segundo quatro projeções de votos. Pesquisas de boca de urna já apontavam para uma vitória de Macron, apesar de Le Pen ter conquistado a maioria dos votos nos territórios ultramarinos franceses. Esta é a primeira reeleição de um presidente francês desde a vitória de Jacques Chirac em 2002.

A maior vantagem é dada pelo instituto Ipsos, com 58,2% de Macron contra 41,8% de Le Pen, enquanto a menor aparece na projeção do Elabe (57,6% contra 42,4%). Apesar da vitória, essas projeções mostram Macron com metade da vantagem que obteve há cinco anos.

"É uma grande diferença", disse o ministro da Saúde, Olivier Véran, enquanto o secretário de Estado dos Assuntos Europeus, Clément Beaune, afirmou que é "uma vitória clara". Por sua vez, o porta-voz do governo, Gabriel Attal, considerou que a reeleição de Macron é um "resultado histórico ao qual corresponde uma responsabilidade histórica".

Macron planeja falar à população somente quando resultados concretos forem divulgados e depois comemorar sua reeleição no Champ de Mars, a grande esplanada gramada localizada aos pés da Torre Eiffel que pode acomodar até 90.000 pessoas.

Le Pen reconhece derrota

Logo depois das projeções, Le Pen reconheceu sua derrota, mas denunciou o que chamou de "métodos desleais", sem entrar em detalhes, e considerou que seus resultados, onde projeções indicam em mais de 40% de votos, já são uma vitória.

Von der Leyen parabeniza Macron

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, parabenizou o presidente francês, Emmanuel Macron, por sua reeleição neste domingo e disse que espera fazer "a França e a Europa avançarem juntas".

"Caro Emmanuel Macron, gostaria de parabenizá-lo por sua reeleição como presidente da República. Espero continuar nossa excelente cooperação. Juntos, vamos fazer a França e a Europa avançarem", escreveu Von der Leyen em sua conta oficial no Twitter.

Da Índia, onde iniciou neste domingo sua primeira viagem oficial ao país asiático, a política conservadora alemã felicitou o liberal Macron, cujo país ocupa neste semestre a presidência do Conselho da União Europeia.

Presidente do Conselho Europeu fala em "Europa forte"

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, expressou neste domingo suas felicitações ao presidente francês, Emmanuel Macron, por sua reeleição por mais cinco anos, nos quais será necessário, segundo ressaltou, uma França "totalmente comprometida" com uma União Europeia (UE) "mais soberana e estratégica".

"Parabéns, caro Emmanuel Macron. Nestes tempos difíceis, precisamos de uma Europa forte e uma França totalmente comprometida com uma União Europeia mais soberana e estratégica", escreveu Michel em sua conta pessoal no Twitter.

O político belga, da mesma família política liberal de Macron, salientou que "podemos contar com a França por mais cinco anos".

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]