i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Terror

Promotoria belga informa que há 13 detidos após operação antiterrorista

  • PorEFE
  • 16/01/2015 06:09

A Promotoria Federal da Bélgica informou nesta sexta-feira que durante a operação antiterrorista realizada na quinta-feira foram detidas 13 pessoas e apreendidas várias armas e explosivos.

"Várias células terroristas foram desmanteladas, cujo objetivo era matar policiais", disse Thierry Werts, da Promotoria, durante uma entrevista coletiva em Bruxelas.

O porta-voz desse órgão, Eric Van der Sypt, assinalou na mesma entrevista coletiva que a Polícia Federal e as unidades antiterroristas "realizaram na tarde da quinta-feira 12 intervenções" em diferentes cidades do país.

"Não posso confirmar, mas seu objetivo era matar policiais nas delegacias ou em outros lugares... Tinham planos concretos para atentar contra a polícia", acrescentou Van der Sypt, que também indicou que por enquanto não pode revelar as identidades dos detidos.

Além disso, Van der Sypt disse que a Promotoria planeja pedir à França a extradição de dois suspeitos detidos na França, mas declinou em dar mais detalhes. Ele também disse que "esta operação não tem nada a ver com as investigações em Paris", em relação aos atentados da semana passada na capital gala.

Werts, por sua vez, insistiu que "não há um vínculo estabelecido" com os fatos de Paris, nos quais morreram 17 pessoas.

A operação antiterrorista que a Bélgica desdobrou na quinta-feira pela noite em várias cidades do país e que se deu por concluída nesta manhã acabou com a morte de dois suspeitos jihadistas e a detenção de um terceiro, ferido durante a operação, assim como com a apreensão de armamento.

"A investigação continua e demonstrará se podemos encontrar todos os vínculos ou não", acrescentou o porta-voz da Promotoria Federal belga.

Werts acrescentou que as autoridades "ainda estão investigando a identidade dos dois falecidos" na operação realizada na quinta-feira em Verviers (Valônia).

Por sua vez, o governo da Bélgica prevê aprovar hoje um conjunto de medidas para reforçar a luta antiterrorista, ao mesmo tempo que subiu um degrau o nível de alerta de segurança perante uma ameaça desse tipo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.