Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Robert O'Brien será novo conselheiro de segurança nacional dos EUA
Robert O’Brien será novo conselheiro de segurança nacional dos EUA| Foto: Fredrik PERSSON / TT News Agency/AFP

Robert C. O'Brien será o novo conselheiro de segurança nacional do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, substituindo John Bolton, demitido na semana passada. Será o quarto nome a ocupar o cargo no governo do republicano.

"Tenho o prazer de anunciar que vou nomear Robert C. O'Brien, atualmente servindo, de maneira muito bem sucedida, como enviado especial para assuntos de reféns no Departamento de Estado, como nosso novo conselheiro de segurança nacional", disse Trump em um tuíte nesta quarta-feira (18). “Eu tenho trabalhado muito e arduamente com Robert. Ele fará um ótimo trabalho!".

O’Brien, sócio fundador de um escritório de advocacia de Los Angeles, ocupou cargos no governo dos EUA com foco no Afeganistão e no Oriente Médio. Segundo a BBC, nas administrações de George W. Bush e Barack Obama, O'Brien também atuou como copresidente da Parceria Público-Privada do Departamento de Estado para a Reforma da Justiça no Afeganistão. Ele também foi representante dos EUA na Assembleia Geral da ONU em 2005, onde trabalhou ao lado de Bolton.

Como enviado presidencial especial para assuntos de reféns, já no governo Trump, O'Brien trabalhou com famílias de reféns dos EUA, aconselhando sobre questões relacionadas, incluindo políticas de recuperação.

Expectativas

Dentro do governo Trump, O'Brien era visto como a "opção mais segura" em um momento em que a equipe de segurança nacional queria o mínimo de "drama" possível nas eleições de 2020, disse uma autoridade sênior dos EUA, que pediu anonimato para falar sobre o assunto.

"Ele se dá bem com todo mundo", disse a autoridade. "Ele é o cara mais legal do planeta".

Seu comportamento amistoso contrasta com o de seu antecessor, John Bolton, que incomodou as autoridades do Pentágono e do Departamento de Estado com seu estilo de gestão mais seco e com menos reuniões para que altos funcionários expressassem suas opiniões.

Ao assumir o cargo, O'Brien se tornará o mórmon mais bem posicionado no governo dos EUA, um marco importante para uma comunidade religiosa que demonstrou algum ceticismo em relação ao presidente Trump e que será um importante grupo demográfico na eleição de alguns estados, particularmente no Arizona.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]