Oficiais do exército disseram que o sargento Bowe Bergdahl está em condições estáveis e está trabalhando diariamente com profissionais de saúde depois de ser mantido em cativeiro pelo Taleban por cinco anos. O general Joseph P. DiSalvo disse ontem que Bergdahl está recebendo assistência médica e psicológica no hospital do exército em San Antonio, no Texas. DiSalvo disse que ainda não é tempo para a sua reintegração. O Exército também disse que está satisfeito com o estado físico de Bergdahl.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]