Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Viktor Bout na prisão em Bangcoc: inspiração para filme | Damir Sagolj / Reuters
Viktor Bout na prisão em Bangcoc: inspiração para filme| Foto: Damir Sagolj / Reuters

Bangcoc - Em um imbróglio jurídico e diplomático que se arrasta desde 2008, uma corte da Tailândia abriu caminho ontem para a ex­­tradição do suposto traficante de armas russo Viktor Bout, apelidado de "mercador da morte’’, para os Estados Unidos.

Sua fama inspirou o filme O Senhor das Armas, com Nicolas Cage, de 2005.

Bout foi detido na Tailândia em março de 2008, por agentes americanos. Os EUA querem julgá-lo por ter conspirado para assassinar cidadãos americanos e fornecer armas para terroristas.

As autoridades tailandesas chegaram a abrir um primeiro processo por apoio ao terrorismo, derrubado por falta de provas.

A extradição foi aprovada então em 20 de agosto, mas uma corte reverteu a medida diante de um segundo julgamento de lavagem de dinheiro e fraude.

Ontem, o juiz responsável decidiu que não há provas suficientes e anulou o segundo caso, abrindo caminho para a extradição.

A disputa judicial lançou a Tailândia em uma querela diplomática entre EUA e a Rússia. Moscou defende a inocência de Bout e exige seu retorno ao país.

Ele tentou apelar da extradição e alega que corre risco de morte nos EUA.

Bout, 47 anos, afirma ser empresário de transporte de cargas e fala seis idiomas.

Segundo fontes de inteligência, ele aproveitou a ruína da União Soviética para comprar arsenais de generais corruptos a baixo preços, na Bulgária e Ucrânia.

As armas eram vendidas em regiões de conflito na América do Sul, Oriente Médio e África.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]