Pessoas observam o mar em Cerro Baron Hill, em Valparaíso, depois de evacuação em massa por causa de terremoto | RODRIGO GARRIDO/REUTERS
Pessoas observam o mar em Cerro Baron Hill, em Valparaíso, depois de evacuação em massa por causa de terremoto| Foto: RODRIGO GARRIDO/REUTERS

O terremoto que atingiu o Chile nesta quarta-feira (16) foi sentido por moradores de Cascavel, no Oeste do Paraná. Meia hora antes de a notícia chegar ao Brasil, a internauta Cristina Lombardi Ferreira Medeiros perguntou pela rede social Facebook se alguém tinha sentido um tremor. Imediatamente outros internautas começaram a postar que sentiram a vibração.

Terremoto de magnitude 8,3 sacode região central do Chile e gera alerta de tsunami

Leia a matéria completa

De acordo com Cristina, que mora no 5º andar de um edifício na região central da cidade, o tremor foi sentido pouco antes das 20 horas. Ela conta que estava sentada à mesa de jantar com o marido, o médico Cleverson Medeiros, quando os lustres começaram a balançar. “Estávamos na mesa de jantar e ele sentiu uma tontura. Aí olhamos para o vaso de flores e estavam balançando, as chaves na porta, os lustres”, conta. Segundo ela, os objetos ficaram balançando por aproximadamente três minutos.

No mesmo horário, uma moradora do oitavo andar de um edifício central da cidade, ligou para o Corpo de Bombeiros e informou que sentiu o prédio balançar. “Ela disse que sentiu um tremor, ficou bem assustada, mas nem chegamos a deslocar equipe”, contou um bombeiro de plantão.

Esta não é a primeira vez que moradores de Cascavel relatam que sentiram reflexos de terremotos em países vizinhos. Em fevereiro de 2013, quando ocorreu um abalo sísmico na Argentina, cerca de 20 pessoas ligaram para os bombeiros. Em 2010 quando também ocorreu um tremor no Chile, dezenas de moradores relaram que sentiram seus apartamentos balançarem.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]