Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Tigre branco foi morto após se esconder em fábrica abandonada. | David Tetelashvili / EFE
Tigre branco foi morto após se esconder em fábrica abandonada.| Foto: David Tetelashvili / EFE

Um tigre que escapou no último domingo do zoológico de Tbilisi durante as inundações que devastaram a capital da Geórgia matou ontem um homem no centro da cidade, informou o governo do país.

Em protesto contra impostos, bordel oferece sexo de graça

Um bordel da cidade austríaca de Salzburgo anunciou que oferecerá aos clientes sexo de graça até setembro como protesto pelos muitos impostos que é obrigado a pagar.

Leia a matéria completa

O ministro do Interior da Geórgia, Vakhtang Gomelauri, disse que o tigre se escondeu em uma fábrica abandonada, transformada em um mercado, e atacou o homem no local. A vítima morreu no hospital.

“Nós entramos no local, e, de repente, um tigre branco saiu correndo de uma sala e atacou um dos trabalhadores, pulando em sua garganta”, disse Alexander Shavbulashvili, que trabalha no local. “Nós quebramos a janela de outra sala para fugir e o som dos vidros deve ter assustado o tigre”.

A polícia correu para o local e matou o animal. “Nós queríamos sedá-lo, mas ele estava muito agressivo e não tivemos opção”, disse o ministro do Interior.

O governo da Geórgia criticou duramente os administradores do zoológico por não serem capazes de dar informações seguras sobre os animais. Na terça-feira, a administração do zoo afirmou que todos os leões, sete tigres e pelo menos três jaguares tinham morrido nas enxurradas.

As enchentes, desencadeadas por chuvas durante o fim de semana, mataram pelo menos 19 pessoas e destruíram casas e estradas no país. Seis pessoas estão desaparecidas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]