i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Covid-19

Trump deixa o hospital após 72 horas internado

    • Gazeta do Povo
    • 05/10/2020 19:54
    Após 72 horas internado em decorrência de uma infecção pelo novo coronavírus, o presidente dos EUA, Donald Trump, deixou o hospital no início da noite do dia 5 de outubro de 2020.
    Após 72 horas internado em decorrência de uma infecção pelo novo coronavírus, o presidente dos EUA, Donald Trump, deixou o hospital no início da noite do dia 5 de outubro de 2020.| Foto: AFP

    Após 72 horas internado em decorrência de uma infecção pelo novo coronavírus, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deixou o hospital por volta das 19h40 (horário de Brasília) desta segunda-feira (5). O republicano estava internado no Centro Médico Nacional Militar Walter Reed, em Bethesda, Maryland, a cerca de 20 minutos da capital Washington.

    Confira: Republicanos enfrentam desafios após onda de casos de Covid no partido

    De máscara, Trump saiu andando do hospital e seguiu diretamente para o seu carro, que o levou até o Marine One, helicóptero oficial do chefe do Executivo dos EUA. Do hospital, foi direto para a Casa Branca. Ao contrário do que se esperava, ele não deu uma volta de carro para cumprimentar eleitores. Nos arredores do local havia muitos apoiadores do presidente norte-americano, mas também manifestantes contrários à sua gestão.

    O presidente anunciou mais cedo em seu perfil oficial no Twitter que receberia alta, o que foi confirmado logo depois pelo médico Sean Conley. Apesar de Trump ter dito que estava se sentindo muito bem, Conley afirmou, durante a tarde, que o candidato à reeleição não está “100% fora de perigo”. O especialista disse que Trump vai ter atendimento 24 horas por dia na Casa Branca, onde também vai receber a quinta dose de Remdesivir, medicamento que está sendo utilizado no tratamento do presidente dos EUA.

    “Não deixe isso [o medo da Covid-19] dominar sua vida. Desenvolvemos, sob a administração Trump, algumas drogas e conhecimentos realmente excelentes”, escreveu no Twitter, complementando que se sente “melhor do que há 20 anos”.

    Trump não chegou a transferir o exercício do cargo para seu vice, Mike Pence, e as informações são de que ele seguiu trabalhando mesmo internado. Do hospital, ele intensificou postagens no Twitter para defender sua candidatura. A primeira-dama, Melania Trump, também contraiu a doença, mas não chegou a ser hospitalizada.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.