i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
segunda guerra

Último sobrevivente de grupo que fugiu de Auschwitz morre aos 90

August Kowalczyk foi prisioneiro do campo de extermínio na Polônia e conseguiu fugir com ajuda dos habitantes da cidade

  • Poragência o globo
  • 30/07/2012 18:55

O ator August Kowalczyk, de 90 anos, que foi prisioneiro do campo de extermínio de Auschwitz e conseguiu fugir com ajuda dos habitantes da cidade, morreu domingo em um asilo, localizado neste mesmo município, no sul da Polônia. A casa de repouso, inaugurada há dois meses, foi aberta por iniciativa do próprio Kowalczyk, como agradecimento às pessoas que o ajudaram a escapar do campo de concentração em 1942.

"Devo minha vida à população que morava na região de Auschwitz, que desde o começo tentaram de várias formas ajudar os prisioneiros do campo e que me esconderam durante uma semana depois da fuga", disse o ator, há algum tempo, em entrevista à agência Ansa.

Kowalczyk nasceu em 15 de agosto de 1921, em Tarnawa, na Polônia. Ele chegou a entrar em um seminário, mas acabou tendo que se alistar ao Exército polonês. Juntamento com outros soldados, foi preso na Eslováquia quando tentavam atravessar a fronteira e levado a Auschwitz em dezembro de 1940. Em 10 de junho de 1942, 50 prisioneiros conseguiram escapar do campo de concentração, mas somente nove deles conseguiram sobreviver. Kowalczyk era o último que ainda estava vivo. Com o fim da guerra, o polonês foi ator e diretor e sempre manteve contato com as pessoas que salvaram sua vida.

Cerca de 1,5 milhões de pessoas, a maioria judeus, foram mortos em Auschwitz, entre 1940 e 1945.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.