i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Nigéria

Violência religiosa deixa 150 mortos

  • PorAgência Estado
  • 19/01/2010 21:04

A violência religiosa entre cristãos e muçulmanos ir­­rom­­peu novamente ontem na re­­gião central da Nigéria. O go­­verno solicitou o envio de mais unidades militares para a ci­­dade onde pelo me­­nos 27 pessoas morreram.

As forças de segurança emi­­tiram um toque de recolher de 24 horas depois que a po­­lícia e os soldados tentaram, sem resultados, conter a violência com bloqueios nas ruas e buscas aos participantes dos atos violentos.

Os confrontos tiveram início no domingo, depois que jovens muçulmanos incendiaram uma igreja católica. Testemunhas disseram que os manifestantes – armados com facas, armas caseiras e pe­­dras – atacaram pessoas que passavam e entraram em confrontos com as forças de segurança, deixando corpos nas ruas e amontoados em mesquitas locais.

Ignorância

O ministro de Assuntos Po­­liciais, Ibrahim Yakubu La­­me, emitiu um comunicado responsabilizando pela violência "alguns indivíduos altamente colocados na so­­ciedade que estão se aproveitando da ignorância e pobreza do povo para promover ata­­ques em nome da religião".

Jos, a capital do estado de Plateau, tem um histórico de violência comunitária que torna difícil a organização de eleições. Manifestações violentas em setembro de 2001 mataram mais de 1.000 pessoas e batalhas entre muçulmanos e cristãos deixaram 700 mortos em 2004. Mais de 300 moradores morreram durante levante semelhante em 2008.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.