i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
África

Zimbábue: vice teria conspirado para tentar matar líder

A reportagem cita gravações e comentários de fontes como evidência do suposto plano, mas não atribuiu nenhuma das informações a autoridades

  • PorEstadão Conteúdo
  • 16/11/2014 10:21

A vice-presidente do Zimbábue, Joice Mujuru, pode estar relacionada a um suposto plano para assassinar o líder do país, Robert Mugabe, de 90 anos, informou um jornal oficial neste domingo. Mujuru já foi considerada a possível sucessora do presidente, que governa a nação desde a sua independência em 1980.

Um porta-voz do partido do governo acusado de conspirar pela morte de Mugabe afirma que as alegações sobre a tentativa de homicídio são falsas. Rugare Gumbo, que foi removido do cargo, foi identificado pelo jornal Sunday Mail como o conspirador responsável pelo plano de assassinato.

A reportagem cita gravações e comentários de fontes como evidência do suposto plano, mas não atribuiu nenhuma das informações a autoridades.

"Nós fomos acusados de tentar derrubar o presidente e foi ele mesmo quem fez as acusações", afirmou Gumbo ao jornal. "Ele diz que fizemos coisas erradas e devemos deixar o partido, mas isso é apenas uma campanha para eliminar as pessoas que estão apoiando a vice-presidente".

Facções políticas estão realizando manobras para ganhar influência antes do congresso anual do partido governista no próximo mês. Uma das figuras que vem ganhando destaque é a esposa de Mugabe, Grace. Ela tem criticado abertamente Mujuru e tem irritado membros do partido, que acreditam que ela não possui as credenciais de liderança para governar um país com alta taxa de desemprego e outros problemas sociais.

Outro suposto conspirador é Didymus Mutasa, um político importante no partido.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.