i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
editorial 2

Boa mudança

  • Por
  • 06/02/2010 21:20

A microrreforma eleitoral aprovada no ano passado traz uma pequena alteração que permite, ao menos em tese, que os eleitores minimizem uma das distorções do sistema político brasileiro. Estabelece que os candidatos ao Senado devem informar em materiais de propaganda o nome de seus suplentes de forma legível, para que o eleitor possa conhecer quem são. Suplentes são como vices, não recebem votos e por isso não têm a legitimidade das urnas. São escolhidos livremente pelos titulares, em geral financiadores ou coordenadores de campanha dos candidatos ao Senado, que assumem em caso de o titular se licenciar, ou morrer.

A existência de suplente de senador é uma das falhas do sistema político brasileiro. Alguém que é desconhecido dos eleitores, que não apresenta suas ideias e propostas à população e acaba assumindo o cargo. O eleitor pode corrigir essa falha, buscando saber quem é o suplente do seu candidato e o que pensa.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.